• A Heach
  • Serviços

  • Oportunidades
  • Cursos

  • Vídeos

  • Blog

  • Login

  • Heach Week
  • Carreira Heach



Dress code nas empresas: dá para ser sério sem usar terno?

O surgimento das empresas lideradas por jovens empreendedores mexeu também com o dress code do mundo dos negócios. Aqueles trajes que antes eram usados apenas nas sextas-feiras passaram a tomar conta da semana, quebrando de vez o gelo do terno e gravata no escritório. Será que essa tendência veio para ficar?

Apesar de ser um conceito relativamente novo, o dress code casual é uma realidade em muitas organizações com anos e anos de estrada. Qual é o impacto do código de vestimenta na produtividade do colaborador? É isso que nós vamos descobrir nesse artigo.

Vantajoso ou perigoso?

A adoção de um estilo mais casual para o ambiente de trabalho é uma decisão arriscada, sem dúvida. Mas ela traz um benefício que pode ser determinante na rotina de trabalho: a confiança no bom senso do colaborador.

Para fazer da exceção a regra e envolver todos os personagens dessa história, a Totvs realizou diversas reuniões com suas equipes nas regionais de São Paulo, Rio de Janeiro, Joinville e Porto Alegre para discutir o assunto e levantar sugestões.

Um estudo com seus colaboradores mostrou que eles eram favoráveis à substituição das roupas sociais pelas mais leves. Com a aprovação de todos, a ideia saiu do papel e é uma realidade há mais de dois anos.

bermuda sim - totvs

Tranquilidade de dentro para fora

O dress code nas empresas não é apenas uma questão de camaradagem interna; é se preocupar com a qualidade de vida das pessoas antes e depois do expediente. Imagine o que é enfrentar cansativas horas no transporte público com um calor que ultrapassa os 40ºC, como é o caso do Rio de Janeiro. Quem já não chegaria exausto no trabalho?

Por que não evitar essa dor de cabeça sendo um pouco mais flexível com o que temos que vestir?

Vestindo a camisa da empresa

É importante deixar claro, no entanto, que essa é uma via de mão dupla. Ou seja: a empresa aceita um estilo mais descontraído e um ambiente igualmente informal, mas as pessoas precisam entender que isso não significa que suas responsabilidades diárias foram abolidas. Será que isso é possível?

A varejista Casa&Video provou que sim. Tanto os colaboradores da sede administrativa quanto das lojas receberam sinal verde para o uso das bermudas durante o expediente. O resultado foi contar com profissionais mais confortáveis no seu trabalho e um método de comunicação mais próximo do cliente, sobretudo, pelo fato de que a equipe lida com o público diretamente.

Livre-se da ideia que profissionalismo só surge na base da obrigação. O dress code nas empresas veio para mostrar que ser versátil não é ser imprudente, e sim coerente. Quanto mais confortáveis estivermos em nosso ambiente de trabalho, mais tempo teremos para nos dedicarmos ao que interessa.

Fonte: Passa no RH - 99Jobs.com

20/05/2016


 

         


 
Heach Recursos Humanos

FALE CONOSCO

Heach Recursos Humanos Heach Recursos Humanos Heach Recursos Humanos Heach Recursos Humanos Heach Recursos Humanos Heach Recursos Humanos